Ir para conteúdo

Paranavaí está entre as 20 cidades paranaenses que mais geraram empregos em outubro

paranavai entre as primeras no emprego.jpg

O Ministério da Economia divulgou nesta quinta-feira (21) os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes ao mês de outubro. Paranavaí fechou o 6º mês consecutivo com saldo positivo e aparece entre as 20 cidades do Estado que mais geraram empregos no último mês.

Em outubro, Paranavaí registrou 783 admissões com carteira assinada e 659 demissões, o que significa a geração de 124 novos postos de trabalho. Com esse saldo, o município é hoje o 17º colocado no ranking do Paraná entre os maiores gerados de emprego. O resultado deixou Paranavaí à frente de cidades igual e até de maior porte, como Londrina (saldo de +108), Paranaguá (+64) e Cianorte (+55).

No acumulado do ano (de janeiro e outubro de 2019), Paranavaí abriu 636 novos postos de trabalho com carteira assinada, resultado de 7.769 admissões contra 7.133 demissões. O saldo coloca o município em 16º no ranking do Estado, considerando o acumulado do ano, à frente de cidades como Campo Mourão (25º), Cianorte (26º), Apucarana (38º), Umuarama (44º) e Paranaguá (58º).

“Com a chegada das festas de fim de ano, a expectativa é de que o saldo positivo aumente ainda mais, com a abertura das vagas temporárias. É importante que o trabalhador esteja atento às oportunidades de qualificação profissional para que possa ter mais oportunidade de ser efetivado ao fim do contrato temporário”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues.

Situação no país – O Brasil ficou com saldo positivo pelo sétimo mês consecutivo na geração de empregos formais. O saldo registrado é de 70.852 novas vagas, resultado de 1.365.054 admissões e 1.294.202 desligamentos no período. O resultado apresenta um estoque total de empregos em 39,252 milhões, superior aos 38,695 milhões registrados em outubro de 2018.

Cinco dos oito setores da economia tiveram resultado positivo. Destaque no mês ficou com o Comércio, responsável por 43.972 novas vagas. Completam a relação Serviços (19.123 postos), Indústria de Transformação (8.946 postos), Construção Civil (7.294 postos) e Extrativa Mineral (344 postos). Apresentaram saldo negativo os setores da Agropecuária (-7.819 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (-581 postos) e Administração Pública (-427 postos).

Os dados do Caged mostram ainda que outubro foi o mês com o menor número de desligamentos mediante acordo entre empregador e empregado deste ano. Foram 17.697 nesta modalidade, envolvendo 12.730 estabelecimentos. Entre os setores econômicos, os desligamentos ocorreram principalmente em Serviços (8.894 desligamentos), Comércio (4.203) e Indústria de Transformação (2.815).

FONTE SECOM/PMPVÁI

Categorias

ECONOMIA, PARANAVAÍ

lanofusco Ver tudo

Nasci em Nova Esperança-Pr. no dia 12/10/57, Meu primeiro diploma foi de datilografia com 12 anos de idade o que me possibilitou trabalhar em Cartório de Registro Civil, e escritório de contabilidade após terminar o segundo grau onde fiz curso de técnico em contabilidade. Com 17 anos, após uma concorrida seletiva, iniciei como locutor na Rádio Sociedade de Nova Esperança. Aos 20 anos trabalhei na Televisão Cultura de Maringá, logo em seguida passei no concurso do Banco do Brasil onde fiquei por sete anos e voltei aos meios de comunicação trabalhando em várias emissoras de Paranavaí, em Nova Londrina, Maringá e Curitiba. Agora, resolvi fazer esse site com intuito de ser mais participativo nas informações de interesse de todos brasileiros e brasileiras. Diante de tantos nomes e meios de comunicação existentes, não foi fácil decidir o nome para o site, tive que viajar com o pensamento no futuro e imaginar uma pessoa perguntando a outra: onde você viu essa notícia? e a resposta será Lá no Fusco. Espero que gostem desse meu novo trabalho. Conto com seus acessos, dicas e sugestões. Abraços do sempre amigo Edson Fusco

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: