Ir para conteúdo
Anúncios

PARANAVAÍ – Embate entre atual e ex- administração municipal.

Ontem, nas redes sociais tivemos embate entre os administradores municipais, da atual gestão (2017/2020) e da anterior (2009/2016).

O confronto teve início com a postagem ex-administrador afirmando “Infelizmente o prefeito local fechou um de nossos Cras, mas temos outros equipamentos” .

O atual administrador rebateu com postagem em sua página do Facebook  referindo-se ao fechamento em 2015 do Centro Dia do Idoso. Na postagem a atual administração afirmou que o fechamento foi devido à baixa demanda e a contenção de gastos.

Quanto a CONTENÇÃO DE GASTOS a atual administração afirmou que seu antecessor deveria ter feito, na época, o que foi feito recentemente ou seja a implantação do DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO, que gera uma economia de meio milhão por ano. Também citou outras mídias, sem expressão de leitores  que a gestão anterior utilizou para propagandas.

Quanto a BAIXA DEMANDA, o administrador atual comentou que se havia baixa demanda como justificar se algum tempo depois foi inaugurada em Paranavaí, por um empresário, um Centro do Idoso.

O atual administrador  municipal concluiu sua postagem: “Entre manter um serviço para o povo ou manter os amiguinhos da imprensa, advinha quem era mantido?! A economia nunca era em propaganda.
Ótimo finalzinho de semana a todos!
Menos aos que mamavam na teta!
Esses tem que tomar pau!

NOTA DO BLOG: Para checar as alegações do atual administrador, fomos pesquisar e encontramos a seguinte matéria: LINK AQUI:

Destacamos um trecho da matéria: O prefeito Rogério Lorenzetti (PMDB) diz que não é possível manter o serviço. “O Centro Dia atende poucas pessoas e, não vale apena deixarmos esse equipamento municipal funcionando. Precisamos cortar gastos, e ao realizarmos um estudo de custo-benefício, decidimos suspender esses serviços”, explicou.

Essa reportagem comprova as afirmações da atual administração quando se referiu a BAIXA DEMANDA E CONTENÇÃO DE DESPESAS.

Oito horas após a postagem acima citada, o ex-administrador também usou as redes sociais.

De inicio, afirmou que o atual administrador não possui formação em gestão. (fomos procurar no site do TSE, eleições 2008 – divulgação de candidaturas e  lá consta nos dados do candidato ex-administrador,  grau de instrução SUPERIOR INCOMPLETO.)

Na sequencia o ex-administrador afirma que: “não deixou de funcionar por falta de interessados (o assessor que passou esta informação deve ser repreendido, pois faltou com a verdade). Muito menos pelo fato que um empresário ter iniciado um projeto de acolhimento de idosos com recursos seus de forma caridosa e benemérita.”

NOTA DO BLOG:   Já lemos anteriormente a afirmação no G1, “O Centro Dia atende poucas pessoas” as afirmações de 2015 e as atuais, divergem.  Na postagem do atual administrador, quando cita o empreendimento do empresário, acreditamos que o atual administrador levou em conta as coincidências: dia 17/04/15 foi lançado o instituto privado, no mesmo dia por iniciativa do ex-administrador, o empresário recebeu Titulo de Cidadão Honorário de Paranavaí: LINK AQUI e no dia 30/04/15 foi fechado o Centro do Idoso.

O ex-administrador finalizou sua postagem: ” Mas você deve usar a economia citada no seu texto (referente a não publicação, na imprensa, de publicidade das ações e atos por parte do município, o que garantiu ampla transparência à nossa administração) para reativar o atendimento, já que critica o seu fechamento. Simples assim, você é o prefeito!

NOTA DO BLOG: Acreditamos que atualmente não há necessidade de Centro do Idoso municipal tendo em vista a existência de um Instituto privado. A questão é que entre fechamento do municipal e inauguração do privado se passaram três anos.

Ainda ontem, na sequencia, o atual administrador postou:

Vou além, sem desmerecer…
Dizem que não tenho curso de gestão (?) enquanto assumiu uma prefeitura sem curso superior.
Que fique claro, não estou desmerecendo quem não tem curso superior.
As vezes o cara é só um otário diplomado.

PUBLICIDADE E PROPAGANDA: Vamos recorrer a Raquel Carvalho é, antes de tudo, uma apaixonada pelo Direito Administrativo. Tem alma de professora e coração de advogada pública. É pesquisadora das estruturas do Estado e escritora por vocação.:

Para evitar a manipulação indevida dos cidadãos e ensejar o real controle de juridicidade dos comportamentos estatais, tem-se a exigência publicidade que não se confunde com a ideia de propaganda afetada ao marketing. Isso porque, é entendimento assente que a publicidade implica transparência do comportamento e visa dar à sociedade o poder de avaliar e fiscalizar o fiel cumprimento dos objetivos públicos, enquanto a propaganda subverte o processo e, por se tratar de forma de manipulação das grandes massas, acaba por tirar da sociedade este controle, tornando-o disponível às maquinações do poder oportunista.  A propaganda realça elementos puramente emotivos, recorre frequentemente a estereótipos, põe em relevo apenas certos aspectos da questão, revelando caráter sectário e, como bem pontua Gisela Gondin Ramos, “se com a publicidade, é o povo quem controla o poder; na propaganda, é o poder que controla o povo.”

NOTA DO AUTOR DO BLOG – Edson Fusco: Não tenho formação acadêmica para defender pessoas, mas tenho o direito garantido pela Constituição Federal em seu artigo 5º – parágrafo  IV –  (é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;) Assim como fazia anteriormente, quando repórter, pesquisei para expressar minha opinião. fundamentadas em fontes confiáveis.

Bom final de semana e parabéns aos amigos radialistas pela passagem do nosso dia.

Anúncios

lanofusco Ver tudo

Nasci em Nova Esperança-Pr. no dia 12/10/57, Meu primeiro diploma foi de datilografia com 12 anos de idade o que me possibilitou trabalhar em Cartório de Registro Civil, e escritório de contabilidade após terminar o segundo grau onde fiz curso de técnico em contabilidade. Com 17 anos, após uma concorrida seletiva, iniciei como locutor na Rádio Sociedade de Nova Esperança. Aos 20 anos trabalhei na Televisão Cultura de Maringá, logo em seguida passei no concurso do Banco do Brasil onde fiquei por sete anos e voltei aos meios de comunicação trabalhando em várias emissoras de Paranavaí, em Nova Londrina, Maringá e Curitiba. Agora, resolvi fazer esse site com intuito de ser mais participativo nas informações de interesse de todos brasileiros e brasileiras. Diante de tantos nomes e meios de comunicação existentes, não foi fácil decidir o nome para o site, tive que viajar com o pensamento no futuro e imaginar uma pessoa perguntando a outra: onde você viu essa notícia? e a resposta será Lá no Fusco. Espero que gostem desse meu novo trabalho. Conto com seus acessos, dicas e sugestões. Abraços do sempre amigo Edson Fusco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: