Ir para conteúdo
Anúncios

Fifa deu o recado: atos racistas agora podem decretar derrota do time envolvido

FIFA
Presidente da Fifa, Gianni Infantino quer estar “à frente na luta contra ataques aos fundamentos dos direitos humanos” Michael BUHOLZER / AFP

Entidade anuncia penas mais severas para jogadores, técnicos, dirigentes, torcedores e instituições. Caminho é o da tolerância zero

Diogo Olivier

 A FIFA anunciou que vai duplicar no seu código disciplinar o castigo mínimo previsto para incidentes do futebol que tenham comportamentos racistas.

Jogadores, treinadores ou dirigentes passarão a ser punidos com uma suspensão por 10 jogos, em vez de cinco, como antes.

Além disso, o novo código permitirá que os árbitros interrompam, encerrem e até decretem a derrota do time infrator por incidentes racistas.

 

Essa medida, no entanto, só será possível após o “procedimento de três etapas”: solicitar um anúncio público para exigir que tal comportamento pare, suspender o jogo até que essas atitudes cessem e, finalmente, abandonar a partida.

As alterações já valem para a temporada 2019/2020 na Europa, que começa nos próximos dias.

 

Em comunicado, a Fifa diz que considera que o combate ao racismo e a discriminação tem de estar em “constante atualização”, para que a entidade esteja “à frente na luta contra ataques aos fundamentos dos direitos dos seres humanos”.

 

Os clubes brasileiros que abram o olho e intensifiquem as suas campanhas de conscientização, especialmente entre seus torcedores. O objetivo do cerca da Fifa é justamente esse: tolerância zero. Um cântico ou gestos podem prejudicar a instituição e a maioria do bem apaixonada por esta ou aquela camiseta que vai ao estádio.

FONTE GAÚCHA ZR

Categorias

ESPORTES

Anúncios

lanofusco Ver tudo

Nasci em Nova Esperança-Pr. no dia 12/10/57, Meu primeiro diploma foi de datilografia com 12 anos de idade o que me possibilitou trabalhar em Cartório de Registro Civil, e escritório de contabilidade após terminar o segundo grau onde fiz curso de técnico em contabilidade. Com 17 anos, após uma concorrida seletiva, iniciei como locutor na Rádio Sociedade de Nova Esperança. Aos 20 anos trabalhei na Televisão Cultura de Maringá, logo em seguida passei no concurso do Banco do Brasil onde fiquei por sete anos e voltei aos meios de comunicação trabalhando em várias emissoras de Paranavaí, em Nova Londrina, Maringá e Curitiba. Agora, resolvi fazer esse site com intuito de ser mais participativo nas informações de interesse de todos brasileiros e brasileiras. Diante de tantos nomes e meios de comunicação existentes, não foi fácil decidir o nome para o site, tive que viajar com o pensamento no futuro e imaginar uma pessoa perguntando a outra: onde você viu essa notícia? e a resposta será Lá no Fusco. Espero que gostem desse meu novo trabalho. Conto com seus acessos, dicas e sugestões. Abraços do sempre amigo Edson Fusco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: