Ir para conteúdo
Anúncios

Avião de R$ 250 milhões de dono da Havan foi liberado, mas Anac nega alegações de Hang

AVIÃO DO LUCIANO HANG
Bombardier avaliado em R$ 250 milhões será usado pelo empresário para avaliar locais de instalação de lojas pelo Brasil Arquivo pessoal

Por Marta Sfredo

Depois de ficar travado por cerca de três semanas depois da compra, o jato executivo Bombardier Global 6000, um dos maiores aviões particulares do mundo comprado pelo dono da rede Havan, Luciano Hang, foi liberado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Depois de ser deslocado de Porto Alegre para Navegantes, havia ficado retido no hangar. Ao reclamar à coluna sobre a burocracia da Anac, o empresário havia feito um desabafo:

– O Brasil é um país muito hostil para o investimento. Parece que tudo o que pode ser feito para atrapalhar os negócios acontece – reclamara em meados de junho.

 

Conforme a Anac, consultada pela coluna, o processo de certificação da aeronave foi parado no dia 13 de junho porque “o interessado enviou apenas uma cópia simples do Certificado de Aeronavegabilidade para exportação, sendo que a Resolução 293 da Anac exige que seja o documento original ( Art. 77, inciso VI). No dia 21/06, a matricula foi efetivada após o representante do proprietário encaminhar a documentação exigida”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

[metaslider id=”7435″]


Indagada se a causa havia sido a cor da tinta da caneta, como Hang chegou a relatar, a Anac informa que essa informação “não é correta”. A intenção de Hang é usar a aeronave, avaliada em R$ 250 milhões, para acelerar seu processo de abertura de lojas pelo país.

O empresário visita pessoalmente todos os pontos antes de confirmar uma unidade da rede, e faz questão de enxergar a localização de cima. No Rio Grande do Sul, seu plano segue sendo de abrir 10 megalojas até o final do ano.

FONTE GAÚCHAZH
Anúncios

lanofusco Ver tudo

Nasci em Nova Esperança-Pr. no dia 12/10/57, Meu primeiro diploma foi de datilografia com 12 anos de idade o que me possibilitou trabalhar em Cartório de Registro Civil, e escritório de contabilidade após terminar o segundo grau onde fiz curso de técnico em contabilidade. Com 17 anos, após uma concorrida seletiva, iniciei como locutor na Rádio Sociedade de Nova Esperança. Aos 20 anos trabalhei na Televisão Cultura de Maringá, logo em seguida passei no concurso do Banco do Brasil onde fiquei por sete anos e voltei aos meios de comunicação trabalhando em várias emissoras de Paranavaí, em Nova Londrina, Maringá e Curitiba. Agora, resolvi fazer esse site com intuito de ser mais participativo nas informações de interesse de todos brasileiros e brasileiras. Diante de tantos nomes e meios de comunicação existentes, não foi fácil decidir o nome para o site, tive que viajar com o pensamento no futuro e imaginar uma pessoa perguntando a outra: onde você viu essa notícia? e a resposta será Lá no Fusco. Espero que gostem desse meu novo trabalho. Conto com seus acessos, dicas e sugestões. Abraços do sempre amigo Edson Fusco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: